"TeCnOLoGia A SeRviÇo Do KaOs."

quinta-feira, 11 de junho de 2009

VA - Botinada, a Origem do Punk no Brasil (2006)


Botinada narra as origens do punk rock no Brasil, sua primeira fase (1976 - 1984) e o paradeiro de seus protagonistas. Foram 4 anos de pesquisa, 77 pessoas entrevistadas, milhares de horas nas ilhas de edição, 200 horas de vídeo e muitas imagens raras e inéditas compiladas pela primeira vez.
Botinada: a origem do punk no Brasil é um documentário a respeito da história do movimento punk no Brasil, produzido por Gastão Moreira. O documentário foi lançado pela ST2 em 2006. Foi lançada uma edição especial onde é acompanhada a trilha sonora do filme em um CD, qi eu postei aki para vocÊs qi curtiram o documentário, e outros
que tem interesse possa baixar. Muito som punk bom daquela epoca faz a trilha sonora do
bocumentário, bandas como: Olhos Seco, Fogo Cruzado, Inocentes, Lixomania e outras.
curtam ai essa podridão e se divetam mandando sistema toma no cú.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Delinquentes - Pequenos delitos (2000)


veterana banda de Hardcore Delinqüentes já é uma velha conhecida do público. Com 21 anos de estrada, o som já variou bastante, mas hoje tocam um Hardcore bem porrada mesclado a outros estilos como Thrash Metal, Industrial, Punk Rock e Alternativo, desembocando num som moderno, peculiar e também agressivo e contagiante..

Em 2000 teve seu 1º CD oficial lançado (Pequenos Delitos – Na Figueredo Records), que teve uma boa repercussão pela mídia especializada e pelos amantes do estilo, chegando a receber nota 9 na revista Rock Brigade (SP), sendo considerada pela revista como um dos melhores lançamentos de Hardcore do ano.

Na mesma época sai em turnê pelo nordeste, tocando posteriormente em São Paulo e Rio de Janeiro, dividindo o palco com grandes bandas do estilo como o Cólera, Ação Direta, Devotos (PE) e outros.

Em Belém, já teve a honra de fazer o show de abertura de: Ratos de Porão, Raimundos, Replicantes, Shelter (E.U.A.), Daniel Beleza, Garotos Podres, D.F.C. (DF).
baixem essa bagaça aí qi o negocio é loko.

domingo, 7 de junho de 2009

Corja - Al Qaeda´s Greatest Hits (2006)


Como o próprio nome do grupo sugere – e fica ainda mais evidente com o título do disco – a intenção aqui é ser totalmente politizado e com mensagens subversivas, algo que parece estar em extinção, pelo menos com o nível de honestidade que exala do Corja. Muitas das formas tão hipócritas pela qual a sociedade vive com tanto orgulho são escarnecidas sem piedade por Camboja (voz e guitarra), Segundo (voz e baixo) e Daniel (bateria). Os caras enfiam o dedo na ferida e cospem em cima, literalmente.
Musicalmente a coisa segue na mesma linha... Agora o trio enfia os dedos na tomada e manda ver, destilando a raiva com tudo o que está ao seu redor. Seu estilo é o que se pode chamar de rock underground, crossover barulhento prá cacete. Uma salada de punk, hardcore e metal, tudo naturalmente despejado de forma básica e cantado a duas vozes, rendendo ótimas faixas como “A realidade bate à sua porta”, “Revolta”, “Fogo na patricinha” (quantas será que eles queimaram?), “Ode ao burguês” (cuja letra foi escrita em 1922 pelo ilustre Mário de Andrade, e que ainda continua tão atual), e por aí vai.
Corja, HC nervoso de goiânia, tem horas que o vocal flui muito bem, tão intenso que a coisa vira um grind. Letras metendo o pau em tudo que ta errado e que nós não gostamos.